terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

[RESENHA] O Duque e Eu



Titulo original: The Duke and I
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Minha nota: 4/5




Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá várias pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos de que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.




O livro se passa na no ano de 1813, é a temporada de bailes e os personagens principais dessa trama é Simon e Daphne, o livro começa contando sobre o nascimento de Simon, uma criança muita desejada por seu pai o Duque de Hastings, só que o relacionamento deles não é nada bom e por causa disso abri-se um grande abismo entre eles.

Se não podia ser o filho que o pai queria, então seria exatamente o oposto. pág.,15

Daphne é uma jovem de personalidade e opiniões próprias, é a quarta filha da família Bridgerton, ela está na idade de se casar, mais infelizmente não está com sorte de encontrar um bom partido, por que os seus pretendentes são muito velhos ou pouco inteligentes, até ela conhecer o famoso Duque de Hasting, em um momento bem embaraçoso, e depois desse encontro eles inicial uma amizade, eles começam a se abrir um para o outro, ela fala de suas dificuldades de arrumar um bom marido, e ele de ser perseguido pelas mães e moças solteiras, ambos tem a feliz ideia de
fingir um relacionamento, para que ele não seja um  alvo para as mães em busca de um pretendente para suas filhas e para Daphne encontrar bons partidos, o que eles pensavam ser a solução ai começou os problemas.


O que eu achei do livro.
Foi o primeiro livro que eu li da Julia Quinn, e eu gostei muito, sinceramente não esperava muito dele, a história foi muito bem escrita e dinâmica, e dei ótimas gargalhadas com os personagens.


5 comentários:

  1. Oi, Suelen
    Vejo tanta gente falando dessa série e só coisas boas. Eu não sou fã de romance, nas os épicos são os melhores. Eu gostei muito da premissa desse livro e a tua resenha foi bem esclarecedora, embora eu não ache que vou ler esse livro tão cedo.

    Beijos, Mia

    https://miaestanteliteraria.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ´bom livro Mia, leia você não vai se arrepender.

      Excluir
  2. Gosto muito dessa série, adorei a sua resenha,leia também os outros da série... Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ler sim,estou animada para os próximos livros.

      Excluir
  3. Eu gosto muito da escrita da Julia! Adorei o post e a fotinha com os irmãos hahaha pretendo ler o segundo ainda esse semestre. Blog lindo, beijo!

    Blog: http://literarte.blog.br
    Insta: instagram.com/blogliterarte
    Twitter: twitter.com/yasmimsaks

    ResponderExcluir

Curta nossa fanpage!